Movimento Assistencial Espírita Maria Rosa
 
Informações:
     
  (19) 3246-0894
História
 

"Um dia aquela Rosa, de nome Maria, segredou-lhe algo e ela atendeu ao chamado." 
Eduardo C. de Monteiro, "Tributo a Vandir Justino da Costa Dias, a 'Andorinha da Caridade'.
Outubro de 1987.

A história do M.A.E Maria Rosa está intimamente ligada à vida de Vandir Justino da Costa Dias que nasceu em 27 de março de 1933 no arraial Chapada de Minas e desencarnou aos 54 anos de idade, em 17 de outubro de 1987, após lutar por mais de um ano contra um câncer.

Vandir começou servindo sopa para duas crianças na porta da sua casa, no bairro Guanabara, em Campinas, em 1964. 

A bondade daquela senhora espalhou-se e, em pouco tempo, longas filas formaram-se diariamente na sua residência por centenas de pessoas que buscavam um pouco de comida. 

Essas centenas de pessoas vinham do antigo bairro Grameiro (hoje, Alto do Taquaral). 

Nos 5 anos em que atendeu os desassistidos em sua casa, Vandir batalhou para  criar e construir  uma entidade beneficente que os atendesse próximo onde moravam. 

Em 1967 foi criado oficialmente e registrado o Movimento Assistencial Espírita (MAE) Maria Rosa, que acabou conhecido pelo alimento que servia. O nome final da entidade assistencial foi sugerido por Chico Xavier, amigo de longa data de Vandir Dias.

A Casa da Sopa ou Sopa do Grameiro começou servindo 1.200 pratos de sopa por dia, chegando a 2.000 unidades em algumas ocasiões. 

 

 
 
Apoio:
 
M.A.E (Movimento Assistencial Espírita) Maria Rosa
Rua Vicente Palombo, 34 – Jardim Campineiro – Campinas- SP | Fone: (019) 3246.0894 ou (019) 3246.3192 (Fax)
Emails: ongmaemariarosa@hotmail.com | ongmaesocioeducativo@hotmail.com
M.A.E. Maria Rosa - Todos os Direitos Reservados - Desenvolvido por VBSI